A História do Município de Mulierno

por adm publicado 14/09/2018 11h05, última modificação 14/09/2018 11h10
A história do município de Muliterno

Localizada na região Nordeste do Estado do Rio Grande do Sul, a Cidade foi emancipada no dia 20 de Março de 1992 e instalada em 1º de janeiro de 1993.

- Caminho Político de Muliterno

As terras de Muliterno passaram a pertencer a jurisdição de Rio Pardo em 1801, depois a Cruz Alta e em 1957 a Passo Fundo em 10 de novembro de 1960 passou a categoria de distrito de Passo Fundo. Em 1961 tornou-se o 1º distrito de Ciríaco em 19 de maio de 1966 com a criação de Ciríaco.

Porém, com o passar dos anos foi surgindo novas lideranças com outra ótica e como Muliterno se fazia representar por dois vereadores, Vilmar Luiz Marini e Amarildo Luiz Astolfi na Câmara Municipal de Ciríaco e como eram interessados pela comunidade deram asas à ideia de emancipação em 26 de outubro de 1989 promoveram a 1º reunião com toda a população e colocaram a reunião que logo foi aceita em 20 de novembro do mesmo ano. Já realizada outras reuniões onde foi eleita uma comissão Emancipacionista constituída assim:

Presidente: João Antônio Rugini.

Vice-presidente: Faustino Santo Tumelero

1º Secretário: Vilmar Luiz Marini

1º Tesoureiro: Darci Brollo

2º Tesoureiro: Egidio Rugini

Conselho Fiscal: Celeste Bizescki, Silvino Bernardi e Edivar Lanzarini.

Suplentes: Claudino Pitton, Ressieri Colussi e Deonídio Mognon.

No dia 31 de outubro de 1991 foi autorizado o Plebiscito. O plebiscito realizou-se no dia 10 de novembro 1991, com expressiva aprovação e no dia 20 de março de 1992 pela Lei Estadual Nº 9543/92 foi criado oficialmente o Município de Muliterno.

Em 03 de outubro realizou-se a 1º eleição para eleger Prefeito e Vereadores foram eleitos: Vilmar Luiz Marini para Prefeito, Etelvino Deon para Vice-prefeito e os senhores Antônio Silvino Dalla Corte, Francisco Olides Longaretti, João Carlos Tessaro, João Fernandes de Lima, Angelino Eloi Bertuzzi, Carlos Pitton, Santina Lovizon Chiavagati, Adelar Biffi e Luiz Carlos Spadoa foram eleitos vereadores e empossados em janeiro de 1993.

Muliterno Possui uma economia com base na Agricultura e Pecuária. O clima é temperado. Etnia com base na origem italiana, e uma escala muito pequena de polonês, alemão e Luso-brasileiro. A religião predominante é a Católica Apostólica Romana com 11 igrejas e a igreja Pentecostal Deus é Amor com 1 Igreja.